Afinal, O que é Hackathon? Veja agora cinco motivos para participar de um

O termo hackathon anda ganhando muita popularidade ultimamente, principalmente na área de tecnologia. Você provavelmente já deve ter ouvido ele pelo menos uma vez, certo?

Mas afinal, o que é esse tal Hackathon? É um ritmo baiano? É uma nova linguagem de programação?

Nem um, nem outro. O Hackathon, na verdade, é um evento que objetiva colocar em produção uma ideia/negócio/produto que solucione um problema social. Durante o Hackathon, profissionais de diferentes áreas (negócios, tecnologia, comunicação, etc) se reúnem e trabalham juntos para criar uma solução para o problema apresentado. Legal né?

Os participantes do Hackathon são divididos em times, escolhidos aleatoriamente. E os grupos devem colocar em produção uma ideia inovadora em 48h. No final do evento, uma equipe de avaliadores técnicos irão julgar os projetos. O time que colocou a melhor ideia em produção ganha o prêmio.

Agora já sabendo disso, vamos falar um poucos sobre quais são os motivos para você participar de um Hackathon:

Ajudar a resolver um problema social

Todos nós, uma vez ou outra, reclamamos dos problemas que nos cercam, mas que infelizmente pouco podemos fazer para mudá-los. Seja um problema ambiental, social ou econômico. No evento, você poderá fazer a sua contribuição para a nossa sociedade e criar uma forma de melhorar a vida das pessoas. E depois, se você quiser, pode até dar continuidade com a ideia.

Network

Diversas pessoas, de diferentes cidades e áreas, estarão participando do evento junto com você e farão parte do seu time. Então, é uma ótima oportunidade para ampliar a sua rede de contatos ao redor do Brasil e divulgar o seu trabalho.

Aprimorar soft skills

Não é só de hard skills que se vive um profissional, né?! No Hackathon você será levado ao seu máximo durante horas de trabalho, então você com certeza desenvolverá habilidades novas ou irá aprimorar as que você já tem. Por exemplo, você irá precisar ser resiliente, trabalhar em equipe, ser orientado para solução, analítico, comunicador, inovador, entre outras coisas.

Imersão

Você ficará um final de semana inteiro estruturando e desenvolvendo o seu produto. Então serão horas de trabalho focado e imerso no mundo da tecnologia, empreendedorismo e inovação.

Ambiente desafiador

Participar de um Hackathon é uma experiência que irá te tirar completamente da sua zona de conforto. Afinal, você precisará criar e desenvolver a melhor solução para o problema apresentado em apenas 48h e com pessoas que você nunca trabalhou antes. Então, se você gosta de desafios e aprendizado rápido, o evento foi feito para você.

Ficou interessado? Então faça a sua inscrição em um agora mesmo! O Google Developers Group de Campo Grande – MS (GDG CG), com o apoio da Jera, está organizando o seu primeiro Hackathon. Para fazer a sua inscrição é só acessar o link: https://bit.ly/2LtwXFT

Corre lá porque o evento já irá acontecer semana que vem!

TDC 2011

Participamos do TDC 2011 que aconteceu entre os dias 06 a 10 de Julho de 2011.

Esse evento é organizado pela Globalcode, uma empresa que tem dominado a arte de juntar a comunidade, somos fãs dela. O evento tinha nada mais nada menos do que 30 trilhas 🙂

Coordenamos a trilha de empreendedorismo no sábado (09/07), e o negócio foi muito massa, o objetivo principal era debater ideias, discutir soluções e trocar experiência com pessoas que vivem a batalha de empreender no Brasil. E isso funcionou muito bem, tivemos 7 palestras, uma melhor que a outra.

  • Lean Startup – Fernando de La Riva da Concrete Solutions
  • “Free”  – Bruno Souza mostrou como é importante fazer negócios de graça e como ganhar dinheiro com isso.
  • Globalcode, 10 anos de história: o que deu e o que não deu certo – Yara e Vinícius contaram em detalhes como construiram essa empresa.
  • SaaS, funciona e eu vou provar – Ricardo Coelho mostrou
  • Programadores, guitarras e negócios – Elton Minetto falou um pouco sobre a experiência com a CodeRock.
  • Modelos abertos e não lineares de inovação – Flávio Fonseca
  • O destino de um programador poliglota – Rafael Noronha

De improviso rolou uma mesa Redonda com Vinícius Senger, PorKaria, Bruno Souza, Ricardo Coelho e Juan Bernabó. Esse foi o melhor momento da trilha de empreendedorismo, Juan Bernabó  mostrou o vídeo do “Bulletball” para explicar rapidamente o que é Lean Startup.

No domingo, André Santee apresentou a palestra “Desenvolvendo Games Multiplataforma” na trilha de Games. Foi outra trilha que bombou no evento, público e palestrante de altíssimo nível.

Enfim….

O TDC 2011 foi muito foda, se você não foi, perdeu grandão. Só não se ferrou por completo porque a Globalcode vai disponibilizar algumas palestras no site do evento.
Essa semana estaremos no TDC 2011 em Floripa, novamente coordenando a trilha de empreendedorismo!

Tudo pronto para o Maré de Agilidade – Edição Pantanal

Maré de Agilidade

Maré de Agilidade
Edição Pantanal – de 18 a 25 de Maio

Para quem ainda não conhece, o Maré de Agilidade é um evento que acontece desde 2008 com edições realizadas em vários lugares do país. A nossa será a 9ª edição, carinhosamente batizada de Pantanal. O evento acontecerá de 18 a 25 de Maio na UNIDERP Anhanguera, blocos 6 e 7. A proposta da edição Pantanal é a realização de vários treinamentos com profissionais de renome no mercado nacional e um dia de palestras.

Um evento feito por e para comunidades, o Maré de Agilidade vem fomentando a “cultura” ágil pelo país, Sua primeira edição aconteceu em 2008, Brasília e desde então tem passado por outras cidades, como Salvador/BA, Fortaleza/CE, Belém/PA, Vitória/ES, Belo Horizonte/MG. Num total, mais de 20 palestrantes renomados ministraram palestras e mini-cursos para um público que já ultrapassa 1000 pessoas.

Para mais informações e inscrições acesse o site http://maredeagilidade.jera.com.br/.

Cursos

A inscrição em qualquer curso dá direito a uma camiseta e passe livre para o dia de palestras no sábado 21/05.

FAN4SCRUM – Paulo Vasconcellos – Finito

Para atacar diretamente a complexidade de desenvolver software, várias empresas estão apostando na figura do Analista de Negócios. Este profissional, atuando como uma ponte entre as áreas de negócio e TI, deve ajudar a definir soluções para problemas de negócios. O programa FAN (Formação de Analistas de Negócio) está completando quatro anos. Desde seu lançamento já foram treinados mais de 2400 profissionais de todo o Brasil. O FAN4SCRUM é uma versão especial do programa elaborada especialmente para o evento “Maré de Agilidade – Edição Pantanal”.

Data: 18, 19 e 20 de Maio – das 8:00 as 12:00 – Carga horária: 12 horas – Laboratório do Bloco 6 –
Valor: R$ 300,00

Domain Driven Design – Felipe Rodrigues – Crafters

O Domain Driven Design sugere uma série de práticas e atitudes que possibilitam aproximar e criar um ponto de equilíbrio para que todos os envolvidos possam se comunicar de forma tranquila e sem barreiras através do foco de linguagem de negócio e expressividade de código. Neste cursos veremos quais são essas práticas e atitudes que compõe o o processo de Domain Driven Design com exemplos em Java, .NET e Ruby.

Data: 18, 19 e 20 de Maio – das 14:00 as 18:00 – Carga horária: 12 horas – Laboratório do Bloco 6 –
Valor: R$ 300,00

Arquitetura e Design de Projetos Java – Paulo Silveira – Caelum

Em um curto curso de 16 horas, veremos diversas tecnicas de design, frameworks e escolhas arquiteturais para discutir vantagens e desvantagens de cada. Um curso para quem já conhece Java e que trocar suas experiências e poder medir melhor suas opções. Curtos códigos são apresentados, executados e modificados para ilustrar os diversos cenários.

Data: 23 e 24 de Maio – das 8:00 as 18:00 – Carga horária: 16 horas – Laboratório do Bloco 6 –
Valor: R$ 350,00

Palestras

A inscrição no dia de palestras dá direito a uma camiseta do evento.

Data: 21 de Maio (sábado) – das 8:00 as 18:00 – Auditório do Bloco 7 – Valor: R$ 30,00 (para o dia)

Horário Descrição
09:00 – 09:50 Analista de Negócios no mundo Agile – Paulo Vasconcellos – Finito
10:00 – 10:50 Todo mundo nasce Ágil – Saulo Arruda – Jera
11:00 – 11:50 Construindo comprometimento através do Agile Coaching – Felipe Rodrigues – Crafters
14:00 – 14:50 Arquitetura Ágil em Java – Paulo Silveira – Caelum
15:00 – 15:50 TDD em .NET – Robson Castilho – DígithoBrasil
16:00 – 16:50 Manifesto 2.0 – Alê Gomes – SEA Tecnologia
17:00 Cofee Break e Encerramento

O Maré de Agilidade Pantanal conta com o apoio das empresas abaixo:

Realização

Conteúdo

Infra-estrutura

Apoio

Review do melhor Javaneiros de todos

Um pouco atrasada, mas ainda relevante, gostaria de deixar minha review do Javaneiros 2010 já dizendo que este ano conseguimos fazer um evento sensacional em todos os sentidos. Esta foi a primeira vez que não participei da coordenação do JUG-MS, mas fazendo parte da equipe de organização pude perceber que o grupo está maduro na organização do evento.

Este ano fizemos tudo mais rápido, com menos problemas e mais bem feito. Desde a escolha da grade até a execução do evento propriamente dita, tudo correu de forma mais organizada e tranquila que dos últimos anos. E desta vez, mesmo com um público menor que nas edições anteriores, acredito que o evento foi muito produtivo.

Gostaria de começar pela programação. Este ano tivemos palestras de excelente nível técnico e sem essa se “Introdução ao Java”. Acredito que foram abordados temas desde tecnologias em ascenção como Ginga, Arduino e Android, passando por linguagens e frameworks como Ruby/JRuby e Spring Roo, um pouco sobre Agile com a excelente palestra do Fábio Akita e o workshop de Planejamento Ágil, como papos mais técnicos nas duas palestras do Paulo Silveira. Infelizmente não pude assistir a todas as palestras, mas gostei bastante do que vi.

Algumas palestras foram filmadas e já estão no Vimeo e alguns slides no Slideshare. Segue a relação:

Além disso esse ano contamos com o patrocínio tanto de empresas locais como de fora. Na ordem: Calum, Jera (é nóis!), HighTech, SENAC/MS, JCompany, DSF, AZ, DígithoBrasil, Gendata e GlobalCode, além do apoio da LinuxMagazine e MundoJ.

Gostaria de dar também um destaque especial ao Arduino Hack day que rolou um dia antes com a presença de 20 pessoas que tiveram uma experiência única junto com o Vinicius Senger na sua introdução ao mundo do Arduino. Realmente a galera enlouqueceu! Isso já até gerou um novo filhote para o JUG-MS, que é o Arduino-MS, o mais novo grupo de usuários do MS. A galera tá tão na pilha que vão fazer um “DOJO” (não imagino como seja isso em hardware, mas td bem…) na segunda-feira.

Além disso, o network com os palestrantes de fora com a comunidade esse ano foi fantástica. A interação rolou o tempo todo com o Fabio Akita, Paulo Silveira e Vinícius Senger antes, durante e após o evento, com direto a Tour Cultural na cidade com visitas à Feira Central, Mercadão Municipal, Parks Burger, Show do Tom Zé no Albano Franco e no Postinho do Parque dos Poderes!

E para fechar, rolou durante o evento a produção de um vídeo em parceria com o Akita com os bastidores do evento: