Tributo ao dia do programador

Sempre achei que programadores eram seres superiores. Assim como um médico e um engenheiro, devs têm o poder de transformar coisas e trazê-las à vida, ou algo do tipo…

Desde cedo me interessei por aquele amontoado de silício que mostrava na tela coisas incríveis, com tamanha precisão e velocidade. Imaginava: “Como será que essa máquina faz pra transformar eletricidade em zeros e uns e depois traduzir em imagem para que eu possa interagir com ela?”. Se você parar pra pensar, é bem louco, né?

Corri atrás e me ensinei a falar as diversas “línguas” desse bicho, para que conseguisse dar instruções que automatizassem as tarefas do dia-a-dia.

Frequentemente olham pra mim e dizem que sou nerd ou geek, sinônimos de inteligência, que me ajudam a hackear a barreira social inicial e me infiltrar em novos círculos.

Já até superei o fato dos meus pais não entenderem o meu trabalho. Hoje não preciso mais de desculpas pra não querer estudar direito ou medicina, só porque dão dinheiro. Faço o que amo, sou programador, meu negócio é codar!

Meu trabalho consiste em pegar um monte de dados abstratos e transformá-los em valor real que move pessoas, humanizar a máquina, enfim, resolver todos aqueles problemas que você não tinha.

Nesse mundo virtual eu reino absoluto, sou o criador, modificador, conselheiro, tradutor.


Dia 13 de Setembro é o Dia do Programador. Esse é um tributo que a Jera fez aos programadores que dão o sangue todo dia pra ajudar a tornar o trabalho cada vez melhor!

Veja no instagram as fotos do dia em que comemoramos: #sanguedeprogramador

Arrecadação de Inverno

Neste inverno nós fizemos uma campanha envolvendo nosso time, clientes, amigos e parceiros para arrecadar agasalhos e calçados a serem entregues para o Esquadrão da Vida que é um projeto social que trata de dependentes químicos.

Confira as fotos da entrega que aconteceu neste domingo:

A Jera foi a grande vencedora do Prêmio Nacional de Inovação 2014

O Prêmio Nacional de Inovação é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), com apoio do Movimento Brasil Competitivo (MBC), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), e do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

É considerado o prêmio nacional de maior importância na área de inovação, com mais de 2.200 empresas inscritas concorrendo em 10 categorias. A Jera participou na categoria Agente Local de Inovação (ALI) na área de Serviços. A relação completa dos finalistas está disponível aqui.

O prêmio acontece em 6 etapas: análise preliminar, entrevistas de avaliação (online), 1ª banca de juízes, visitas de avaliação (presencial), 2º banda de juízes e a cerimônia de premiação onde são anunciados os vencedores.

A cerimônia aconteceu durante o 6º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria em São Paulo na última quarta-feira, dia 13/5, evento recheado de palestras relevantes com destaques brasileiros e estrangeiros em 2 dias de congresso.

Ficamos imensamente felizes por esse reconhecimento. Nós apresentamos aos avaliadores nosso esforço de inovação no dia-a-dia para oferecer a melhor experiência de desenvolvimento que nossos clientes já tiveram e os resultados que alcançamos ao longo do tempo com esse trabalho.

Gostaríamos de agradecer imensamente todo nosso dedicado time que tem inovação no sangue, nossos clientes que nos dão diariamente a oportunidade de aprendermos a nos tornar cada vez melhores e ao SEBRAE pelo apoio desde o início, não medindo esforços para tornar essa conquista possível, em especial nossa ALI, Greicy Rodrigues, pela dedicação com a nossa empresa.

Confira as fotos da premiação no nosso Facebook e o vídeo e discurso na cerimônia de premiação:

Veja mais notícias sobre a premiação:

Participação feminina no mercado de trabalho

No último dia 06/03 comemoramos o dia internacional da Mulheres aqui na Jera, data que oficialmente é comemorada no dia 08/03 e surgiu diante de várias circunstâncias mundiais, como revolução industrial na Rússia, Morte de 146 mulheres nos EUA, reivindicação para votar e outras mais.

Mas não podemos nos esquecer do pioneirismo em áreas que hoje são tidas como masculinas:

  • A fabricação de cerveja era de responsabilidade das mulheres na antiguidade,

download (4)

  • Os primeiros roteiristas e produtores de filmes em Hollywood foram mulheres,

sofia-coppola

  • A profissão de baterista surgiu entre as mulheres que faziam percussão,

viola-smith-2012-extra1

  • A medicina foi aplicada primeiramente pelas mulheres, e

Ação busca estimular formação de médicos no país

  • Ada Lovelace foi considerada a 1º programadora do mundo, ao criar o primeiro algoritmo para ser processado em uma máquina.200px-Ada_lovelace

OK, algumas pessoas já sabiam disso. E daí?

E daí, que mesmo passados 2 milênios desde Cristo, ainda sofremos preconceito, ou pior, descrença em nossas capacidades.
Somos metade da população mundial, com cerca de 3.607.753.339 mulheres e cada vez mais estamos ocupando espaços que antes não nos era permitido.

Pensando na área de TI, estamos vendo um declive da atuação feminina. Em 1980, 50% dos alunos de TI no Brasil eram mulheres, atualmente são apenas 10%.  ¼ das pessoas que trabalham em computação são mulheres.

E porque isso está acontecendo???
Alguns dos motivos que temos visto:
– Preconceito: Algumas vezes quando uma mulher é contratada é esteropotizada apenas como quem vai cuidar do café ou da limpeza.
Como se só nos bastasse essas funções.
– Desigualdade Salarial: A Média dos salários da mulheres em TI é 34% menor do que os homens e em cargos de chefia, ainda é pior, 64% a menos.
– Desvalorização Profissional: Dados do IBGE ressaltam que o acesso de mulheres com 25 anos ou mais aos cargos de direção ficou em 5% para as mulheres e 6,4% para os homens.
– Constrangimento: Quantas vezes vamos em eventos de TI e nos stands estão mulheres bonitas, não que isso seja um problema, com o intuito de atrair o público masculino.

Yes, we can.

mulher vencedora
Mesmo diante de vários obstáculos, queremos que o número de mulheres no mercado profissional cresça, não porque estamos reivindicando, mas porque de fato somos capazes.
Temos conhecimento de empresa como Google e Facebook que ampliaram suas contratações pensando na diversidade sexual.
Mas ainda é necessário buscar alternativas que reconheçam o talento feminino e que sejam usadas de forma a aplicá-las cada vez mais em um ambiente que ainda é dominado pelos homens.

Aqui na Jera 30% dos funcionários são mulheres. Onde são 2 desenvolvedoras, 2 designers, 1 Analista de QA, 1 Comercial, 1 Auxiliar Administrativo, 1 Advogada, 1 Consultora de Qualidade e 1 Auxiliar de Limpeza.

IMG-20150306-WA0012

IMG-20150306-WA0016

Enfim, que possamos ter um Feliz Dia das Mulheres  todos os dias…