Como instalar apps Android para teste

A primeira coisa a se fazer é mudar as configurações de permissão de instalações externas no seu dispositivo Android. Para isso vá em “Configurações” > “Segurança” > “Fontes desconhecidas”;
Screenshot_2015-01-30-15-27-43[1]
Depois é só baixar o aplicativo Android, diretamente no celular  que tenha a extensão .apk. É importante destacar, no entanto, que é preciso ter cuidado ao baixar programas de sites desconhecidos, pois há uma possibilidade do app estar escondendo algum malware que pode infectar seu aparelho;

Clique no arquivo e aguarde o Android instalá-lo. Se for necessário, escolha a opção “Instalador de pacotes” na tela. Selecione “Instalar” na tela seguinte e espere o processo terminar.

Screenshot_2015-01-30-15-29-11[1]Pronto! O aplicativo foi instalado e você poderá começar a testar.
Abraços.

Como está o mercado mobile, digital e social para 2015

Enquanto você lê esse post, centenas de smartphones são comprados e milhões de pessoas acessam a internet pelo celular. E aliando a comodidade e a praticidade, que tal realizar transações financeiras através de apps de bancos, comprar ingressos para um show de rock e fazer pedidos delivery com poucos toques na tela de seu dispositivo móvel? A revolução do mercado mobile foi benéfica para o nosso dia a dia, atraindo a atenção de quase dois bilhões de usuários no mundo todo.

Mas o que esperar do mercado mobile em 2015? As mudanças estão ocorrendo rapidamente, e a cada dia que passa surgem novas ferramentas, aplicativos, plataformas e aparelhos. Embora esse ano não seja bom em termos econômicos, as empresas de tecnologia continuarão investindo nesse mercado e oferecerão diferenciais para os usuários. Veja os resultados da pesquisa Digital, Social e Mobile in 2015, realizada pela We Are Social. 

O uso de smartphones no Brasil e no mundo

Em setembro de 2014, o número de usuários de dispositivos móveis ultrapassou o equivalente a 50% da população do mundo. Com a taxa de crescimento anual de 5%, já podemos prever que até o final de 2015 mais de 200 milhões de aparelhos serão vendidos. Quanto as assinaturas, estão ativas mais de 7 bilhões. Do total de conexões ativas no mundo, cerca de 38% são originadas de smartphones. Quando combinados aos tablets, estes são responsáveis por 38% de todos os acessos as páginas da web em todo o mundo. 

No Brasil, estamos com potenciais 276 milhões de usuários de smartphones, o que representa 135% da população total. Quanto a conexão, 78% da população utiliza um serviço pré-pago, enquanto que 22% usa pós-pago. Cerca de 56% utiliza serviços de banda larga, com tecnologias 3G e 4G. Com relação ao tráfego na internet, 20% é proveniente de smartphones e 3% de tablets.

As compras por varejo em mobile commerce

As taxas de conversão em apps mobile commerce estão cada vez maiores. Embora o comércio mobile esteja pegando ritmo no mundo inteiro, o Reino Unido lidera as compras online através de dispositivos móveis, com quase dois terços da população comprando ativamente. Em segundo e terceiro lugar, Alemanha e Coréia do Sul, com 63% e 62%, respectivamente. Os EUA ficaram em quarto lugar, com 56%.

No brasil, 22% dos usuários de smartphones e tablets usaram o aparelho para pesquisar um produto, e 15% realizaram uma compra. Os computadores ainda lideram as compras por varejo, representando 36% das vendas. 

A disputa incessante dos aplicativos de mensagem

A principal briga do universo mobile em 2014 foi a dos aplicativos de mensagens, que se estenderá em 2015. Facebook Messenger, Line, Whatsapp, WeChat, KakaoTalk e Telegram tentarão dominar o espaço de troca de mensagens e conquistar cada vez mais os usuários. No total, há cerca de 1,65 bilhões de contas em redes sociais em todo o mundo. Nos últimos 12 meses, os aplicativos de mensagens têm relatado mais de 100 milhões de novos usuários ativos mensais.

Na pesquisa, o Facebook lidera o ranking de redes sociais mais utilizadas no Brasil e no mundo, com 1.36 milhões de usuários ativos em janeiro de 2015. Desse total, 83% acessam o serviço através de dispositivos móveis. 

O market-share das principais plataformas

A questão do market-share de mobile para esse ano será endereçada de forma mais profunda: quem são os usuários, onde eles estão localizados e quais smartphones utilizam. Hoje temos aparelhos high-end da Samsung que competem em preço com o iPhone. Em um futuro não tão distante, o Android não será visto apenas como um sistema operacional mobile, pois estará presentes em relógios, carros e Tvs.

Já o iOS possui um Market-share de 11.7%, detendo a maior parte dos usuários mais rentáveis, ou seja, aqueles que gastam mais dentro dos apps. Para a grande maioria dos casos, a questão do sistema operacional como fator decisório da compra torna-se irrelevante. Os compradores vão optar por esse ou aquele aparelho tendo como base o preço, desde que ele consiga acessar o Whatsapp, navegar na internet e fazer ligações.

Os dispositivos “vestíveis” vindo com tudo

Para 2015, a principal ideia é que passemos a vestir tecnologia. Ouviremos bastante a palavra “wearables”, ou dispositivo inteligente que pode ser vestido. Poderemos nos conectar através de relógios, pulseiras, óculos e outros acessórios que são capazes coletar dados sobre a sua saúde, como medir o nível de glicose em seu sangue e calcular a quantidade de calorias queimadas durante o dia. O pioneiro nessa área foi o Google Glass, que provou ser um ótimo produto no ano passado, mas que ainda não está pronto para ser utilizado em larga escala.

No mercado, estão disponíveis também os Smart Watches e Fitness Trackers. Os primeiros permitem que você mantenha o seu smartphone no bolso e veja notificações através de seu pulso. Dessa forma, você pode ver mensagens de texto sem tirar o aparelho do bolso. Já os segundos simplificam os seus exercícios físicos, monitorando seus treinos e exibindo informações sobre sua rotina diária em seu dispositivo móvel ou na tela do próprio dispositivo. 

Gostou dos resultados da pesquisa? Veja os números na íntegra!

Como você está se preparando para essa revolução? Que tal desenvolver um aplicativo mobile para o seu negócio e se destacar no mercado? Conheça a Jera e saiba como podemos ajudá-lo!

 

Instalando aplicativos pelo iTunes

Em nosso processo de desenvolvimento de aplicativos iOS, com entregas semanais, costumamos disponibilizar versões dos aplicativos à medida que as funcionalidades são finalizadas.

Como o teste e o feedback do mesmo são importantíssimos para nós, normalmente solicitamos que o cliente instale em seu smartphone ou tablet para abrirmos discussão sobre alterações e melhorias no app.

Normalmente utilizamos uma ferramenta chamada Testflight para facilitar o envio do aplicativo, porém em alguns poucos casos as pessoas enfrentam dificuldades na instalação por problemas adversos.

Por isso, gravamos um vídeo explicando como fazer a instalação do app no celular ou tablet via iTunes, o player de música e gerenciador de conteúdo da Apple.

Acompanhe: Como instalar aplicativos via iTunes

Livro: Running Lean

Nunca antes na história existiu tantas oportunidades de negócios e inovação como nos dias atuais. A popularização da Internet, e-commerce e redes sociais, associado à força das tecnologias open-source e cloud computing resultaram em um ambiente onde é possível criar negócios com baixo custo e grandes possibilidades de sucesso.

Porém, a realidade não é tão animadora assim. Estatísticas apontam que 9 entre 10 startups falham. Por conta disso, muito têm se falado sobre como é possível reduzir essa margem e aumentar as chances de sucesso.
Continuar lendo Livro: Running Lean